Balanço dos atendimentos em 2016

Balanço dos atendimentos em 2016

A Coordenação do PROCON de Chapecó/SC, nesta quarta-feira (15), dia do consumidor, divulga a lista de reclamações registradas no órgão durante o ano de 2016, bem como elege o ranking das 10 (dez) empresas mais reclamadas do ano.

Entre as reclamações, observa-se que, a sua maioria engloba o setor de prestação de serviços nas áreas de telefonia, TV por assinatura, produtos eletrônicos e instituições financeiras (bancos).

O cadastro anual de reclamações do PROCON, bem como o ranking das 10 (dez) empresas mais reclamadas, que tradicionalmente é divulgado pelo órgão no Dia do Consumidor (15 de março), segundo o Coordenador Interino do PROCON de Chapecó/SC, Guilherme Reginato Tillmann “é de grande importância, pois reflete os parâmetros de consumo do cidadão chapecoense, revelando setores com maior carência na prestação de serviços e que merecem maior atenção do órgão, para proporcionar ao consumidor do município a melhora na qualidade do atendimento, tanto no momento da compra, quanto no suporte prestado ao cidadão após adquirir o produto ou serviço”.

Segue o ranking das 10 empresas mais reclamadas pelos consumidores chapecoenses:

1)    VIVO S.A;
2)    OI S.A;
3)    Claro S.A.;
4)    TIM Celular S.A.;
5)    Samsung Eletrônica da Amazônia LTDA
6)    Motorola Mobility Comércio de Produtos Eletrônicos LTDA
7)    Caixa Econômica Federal
8)    CNOVA Comércio Eletrônico S.A.
9)    Banco do Brasil / Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
10)    NET Serviços de Comunicação

Clique para visualizar o relatório das reclamações na integra.

Balanço dos atendimentos em 2016

Em 2016 foram registrados 18.704 atendimentos, o que resulta em uma média 75 atendimentos por dia, deste total 1.185 geraram reclamações fundamentadas (demandas não solucionadas em fase preliminar que seguiram para uma segunda etapa de conciliação, com a abertura de processo administrativo), ou seja, aproximadamente 93,7% dos atendimentos realizados foram exitosos, não havendo a necessidade de abertura de reclamação.

Ressalta-se ainda, que no ano de 2016 foram realizadas 691 audiências conciliatórias, sendo que destas, 385 foram exitosas, ou seja, houve conciliação entre as partes, 118 foram suspensas e 188 foram inexitosas.
Tais números positivos, segundo Tillmann, “externam a credibilidade do órgão frente aos consumidores chapecoenses e empresas, uma vez que o PROCON de Chapecó atua como um facilitador das relações de consumo, proporcionando uma maior proximidade das partes envolvidas para uma resolução consensual e amigável dos conflitos, obtendo um alto índice de resolutividade em suas demandas e garantindo o cumprimento das normas consumeristas”, ressaltando ainda, a importância, qualidade e eficiência de todos os colaboradores do PROCON, sem os quais não seria possível obter tais números expressivamente positivos.
O relatório das reclamações será publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (15-03) e estará disponível na sede do Procon para consulta (anexo a Ala Sul da Arena Condá).

PROCON Chapecó/SC

Comentar esta notícia